Temporal atinge Rio Branco e assusta população

Força da Natureza

Um forte temporal atingiu Rio Branco no fim da tarde desta quarta-feira, 4, que assustou a população e causou estragos em algumas edificações da Capital. O Centro Integrado de Operações em Segurança (Ciosp) confirma que recebeu diversas ocorrências e que, dentre elas, duas crianças foram atingidas por telhas, no bairro Isaura Parente, e levadas pela viatura ao Pronto-Socorro.

Até o fechamento deste material, o órgão disse que ainda não é possível contabilizar o número de chamados recebidos.

No bairro São Francisco, o Corpo de Bombeiros foi acionado devido ao desabamento parcial de uma edificação. Já na Avenida Ceará e na Nações Unidas, dezenas de árvores caíram devido às rajadas de vento.

Dois dois carros foram atingidos e ficaram danificados com a queda dos galhos. Ambos os veículos estavam estacionados e ninguém ficou ferido. Um poste de energia elétrica localizado próximo ao bairro Estação Experimental também foi derrubado pela ventania.

Uma loja de tintas localizada na Avenida Ceará teve prejuízos quando uma árvore caiu sobre várias latas do produto. Bombas em postos de gasolina quebrou bombas. Casas e comércios ficaram destelhados.

No prédio do antigo Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran), as árvores caídas impedem e dificultam a passagem. O temporal também causou problemas na Fundação Hospitalar, um vídeo mostra o forro totalmente comprometido e com inúmeras goteiras. Parte da fiação elétrica ficou exposta.

Por meio das redes sociais, internautas apontavam inclusive relatos de chuva de granizo no Tancredo Neves e no bairro Abraão Alab. Uma farmácia, localizada na Rua Isaura Parente, teve parte do teto atingido e o vidro de uma das portas de uma universidade estourou.

Mudança no tempo já havia sido prevista

O pesquisador metereológico, Davi Friale, através do portal O Tempo Aqui previu a ocorrência de temporais, chuvas fortes, raios e ventanias em áreas do município.

Ainda de acordo com o pesquisador, existe muita fumaça a caminho do Acre e portanto nos próximos dois dias, a partir desta quinta-feira, 5, o Acre será tomado por uma intensa concentração de fumaça. A visibilidade estará bastante reduzida até sexta-feira.

“Toda essa fumaça é originária das queimadas que estão ocorrendo na Bolívia e em Rondônia e será trazida para o Acre e para o sul do Amazonas por ventos intensos que estarão soprando da direção sudeste”, apontou o pesquisador.

De acordo com Friale, as áreas mais atingidas serão o centro, o leste e o sul do Acre, o sudeste e o sul do Amazonas e praticamente todos os municípios de Rondônia.

Toda essa fumaça começará a sair do Acre, a partir do próximo sábado, tendo em visto a mudança de direção dos ventos que passarão a soprar de noroeste e do norte, onde não há queimadas significativas, adiantou.

Acabou o período seco no Acre

Davi Friale alerta que lentamente, os níveis dos rios do Acre começam a subir, pois o período mais intenso da seca já terminou. “Daqui para frente, chuvas ocorrerão quase diariamente”. antecipou.

Pulsos úmidos do Atlântico já começaram a invadir o sul da Amazônia Ocidental, sinalizando o fim do inverno, a estação seca da região. Assim, o volume de chuvas deste mês de agosto deverá ficar acima da média climatológica na maior parte do Acre, inclusive, em Rio Branco, prevê o pesquisador.

Entretanto, é importante que a população fique muito atenta, pois deverão, também, ocorrer temporais, neste mês, com chuvas fortes, ventanias, raios e queda pontual de granizo, na maioria dos municípios do Acre.

BRUNA LOPES

ANUNCIE2