Com novo transplante de fígado, Acre se consolida como referência na Região Norte

0
0
0
s2smodern

Na madrugada desta terça-feira, 10, o Acre realizou o 39º transplante de fígado com sucesso no Hospital das Clínicas (HC), em Rio Branco. O órgão, trazido de Goiânia (GO) pela Força Aérea Brasileira (FAB), foi doado pelos familiares de uma jovem de 17 anos, vítima de acidente vascular cerebral (AVC).

O transplante de fígado – nono do ano, de 39 já realizados no estado – foi conduzido pelo cirurgião hepático Nilton Ghiotti, um dos responsáveis pela equipe de transplantes do Acre. O procedimento teve início por volta das 21 horas, sendo concluído quase ao amanhecer.

O receptor do fígado, João Braga Campos Filho, é acreano, 60 anos, e estava inscrito na Central Estadual de Transplantes desde fevereiro deste ano, ou seja, cinco meses aguardando na fila.

Ao todo, o Acre já promoveu mais de 600 transplantes. Desses, pouco mais de 300 foram efetivados via Tratamento Fora de Domicílio (TFD). O restante foi realizado no Hospital das Clínicas a partir da criação da Central Estadual de Transplantes.

Por ser o único estado da Região Norte a realizar transplante de fígado, o Acre tem beneficiado muitos pacientes de outras regiões do país que encontram aqui uma nova oportunidade de vida.

Como resultado do esforço do governo do Estado, o Acre não só cresceu como se tornou referência na área de transplantes sendo, hoje um dos estados que proporcionalmente mais realiza transplantes de fígado no Brasil e o único da Região Norte nesse tipo de procedimento.