Polícia

0
0
0
s2smodern

68523774_2454175244665968_3361061116007415808_n.jpgNa tarde do último sábado, militares do 2º Batalhão, após averiguação na Guanabara, realizaram a prisão do autor João Victor Vasconcelos de Araújo, 19 anos, após esse ter empreendido fuga ao visualizar a viatura, momento em que tentou se desfazer de um objeto posteriormente identificado como uma pistola calibre 6.35.

O autor e o armamento apreendido foram conduzidos a delegacia de polícia para realização dos procedimentos cabíveis.

Polícia

0
0
0
s2smodern

Com foco em estimular uma cultura de respeito no município e valorização das normas previstas no Código de Trânsito Brasileiro para a redução de acidentes, a Polícia Militar tem trabalhado orientando condutores sobre a norma vigente, quanto aos quesitos do uso do cinto de segurança aos condutores de carros, bem como baixar os vidros ao visualizar blitz policial e acender a luz interna no período noturno.

Aos motociclistas a orientação essencial é informar sobre a importância do uso de capacete com viseira e o afivelamento daquele, além do mais, o uso de calçado que se firme nos pés e a proibição de crianças menores de sete anos ou que não tenha condições de cuidar de sua própria segurança.

À frente da Operação promovida nesta quinta-feira dia 15 de agosto, a 2°Tenente Adriana Santos, pontua que os condutores abordados são orientados e este é o principal foco da Operação, pois salienta que se trata de um aspecto educacional. Ou seja, a população necessita compreender o papel das ações de fiscalização. Segundo ela, “A população em Sena Madureira está buscando se regularizar, isso é visível nas abordagens, as pessoas agradecem o nosso trabalho e sentem orgulho em apresentar a documentação em dia. Às vezes famílias são desestruturadas pela perde de um ente querido, por causa de condutas imprudentes no trânsito que afetam toda uma família", finalizou.

Ressalte-se que a intensificação de ações desta natureza reflete na prevenção de acidentes, conscientização e gentileza no trânsito.

Polícia

0
0
0
s2smodern

O jovem Herculano Marinho da Costa, 22 anos, foi morto com vários golpes de faca e terçado pelo corpo, na madrugada de sábado (17), no Bairro da Praia, no município de Tarauacá, interior do Acre.

Segundo informações de populares, Costa foi encontrado sem vida na rua com o corpo totalmente perfurado. Como o bairro é dominado por uma facção criminosa, nenhum morador quis informar quem teria efetuado o crime, pois no local impera a “lei do silêncio”.

Agentes da Delegacia de Tarauacá foram acionados pelos populares e pediram apoio da Polícia Militar, que isolou a área para os trabalhos da perícia. Mesmo sem muitas informações, os militares ainda tentaram procurar pelos criminosos na região, mas nenhum suspeito foi preso.

O corpo foi recolhido e levado à sede do Instituto Médico Legal (IML). A polícia não informou a motivação do crime. O caso será investigado pela Polícia Civil, por meio da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Polícia

0
0
0
s2smodern

Foi registrado pela policia, a morte de um idoso na Cidade do Povo e identificaco como Francisco Chagas de Souza, 80 anos, onde o  crime foi praticado com pauladas na vitima, na noite desta sexta-feira (16), dentro da própria casa, na Rua Yaconaan de Campos Pereira, em Rio Branco.

Segundo informações de populares, Chagas passou parte do dia bebendo na companhia de uma pessoa, em outro local, e só chegou na sua residência, onde morava sozinho, às 19h.

Na mesma noite, um criminoso pulou a janela da casa e entrou em luta corporal com o idoso, que acabou sendo agredido na cabeça a pauladas com uma tora de madeira.

Na tarde de sábado (17), populares perceberam que o homem não havia saído da residência e resolveram ir até o local, mas quando chegaram, encontraram Chagas morto.

O corpo do idoso estava deitado no chão embaixo de uma rede, com a tora utilizada no crime em cima de sua cabeça. No quarto e na sala da casa havia muito sangue.

A Polícia Militar foi acionada e isolou a área até a chegada da perícia. O corpo do homem foi levado à sede do Instituto Médico Legal (IML). O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

inf. Alerta Acre

Polícia

0
0
0
s2smodern

O Ministério Público do Acre (MP-AC) iniciou, na manhã desta quinta-feira (15), uma revista no maior presídio do estado, Francisco de Oliveira Conde, com o objetivo de encontrar chefes de facções criminosas que atuam dentro dos presídios. A operação ocorre simultaneamente em nove estados

No Acre, o órgão teve o apoio do Grupo Penitenciário de Operações Especiais (GPOE). O foco da operação são pavilhões dominados pela organização criminosa PCC e a facção local Bonde dos 13. A ação quer apreender ilícitos e encontrar informações. Além disso, quer identificar pessoas que exercem posição de chefia nas organizações. 

 Ação ocorreu às 6h desta quinta-feira (15) — Foto: Asscom/MP-AC

Ação ocorreu às 6h desta quinta-feira (15) — Foto: Asscom/MP-AC 

Denúncia 

Desde julho, o MP-AC tem feitos grandes operações para combater o crime organizado. No dia 24 do mês passado, aconteceu a Operação Hemólise, que cumpriu mandados de prisão, busca e apreensão, que foram cumpridos em 18 bairros de Rio Branco, Sena Madureira, Porto Acre, Porto Walter e Plácido de Castro. 

Nesta quinta-feira (15), o Gaeco também divulgou a denúncia da Operação Hemólise, ocorrida no mês passado, que resultou na prisão de 69 integrantes de uma facção criminosa. De acordo com o MP, todos os presos foram denunciados. Entre os envolvidos, haviam 23 chefes da organização, 5 conselheiros e 16 frentes de bairro e cidades. Cada um pode pegar até 14 anos de prisão. 

 
 
 
G1

Polícia

0
0
0
s2smodern

A primeira ocorrência aconteceu logo pela manhã de domingo, 11 de agosto. A Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC), por meio dos policias militares do Segundo Batalhão (2º BPM), prendeu em flagrante, dois homens quando estes efetuavam um roubo com uso de um revólver calibre .22, no Ramal da Judia, Bairro Belo Jardim.

A segunda ocorrência se deu no período da tarde na BR 364, próximo ao colégio Paulo Freire. Após falharem no primeiro roubo, os dois agentes subtraíram alguns pertences de uma vítima que estava na parada de ônibus. Quando tentavam fugir, os indivíduos não conseguiram ligar a motocicleta utilizada para realizar os roubos e a abandonaram.

A vítima mostrou a direção para os policiais militares, que chegaram com brevidade na ocorrência, e pouco tempo depois das buscas, conseguiram apreender um menor com a arma de fogo usada no roubo. O segundo autor conseguiu fugir pela mata próximo ao bairro Cidade do Povo.

Os envolvidos do primeiro roubo foram conduzidos para a Delegacia de Flagrantes (Defla) e o menor foi levado para a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca).

Polícia

0
0
0
s2smodern

Os alunos do projeto social “Em Forma com o 5º Batalhão” tiveram o privilégio de receber, na noite desta quinta-feira, 8 de agosto, em sua sede, Rivelino Souza, faixa preta e Campeão Mundial de Jiu-jitsu em sua categoria.

Na ocasião, Rivelino Souza, que é acreano, conversou com a garotada e incentivou os jovens que estavam todos reunidos. “Para chegar onde cheguei, basta treinar, ter foco e perseverança”, explicou. Ostentando a medalha de Campeão Mundial, narrou as dificuldades que teve de enfrentar - e vencer - até conquistar seu objetivo. As crianças do projeto ouviram atentamente cada palavra do atleta campeão.

O professor Ricardo Ferreira, que também é sargento da Polícia Militar do Acre (PMAC) e responsável pelas aulas de Jiu-jitsu do projeto, agradeceu o seu mestre, salientando o quão aquela visita fora importante para as crianças: “Nossos alunos são, em sua maioria, oriundos de bairros periféricos. Ter a oportunidade de ver de perto um acreano, Campeão Mundial, sem dúvida representará mais um incentivo para eles vencerem na vida!” concluiu.

Aos interessados

O projeto “Em forma com o 5º BPM” tem como objetivo a aproximação dos jovens com a instituição militar, além de envolvê-los em atividades desportivas. As aulas acontecem todas as terças e quintas feiras, nos horários das 16h30 às 18h e das 18h às 20h, no pátio do 5º BPM, localizado na parte alta da cidade, Rua Boa Vista, 714 – Bairro Vitória. Para se inscrever, caso seja menor de idade, basta o responsável procurar o Comandante do Batalhão, major Ayrton Leitão.

Polícia

0
0
0
s2smodern

Uma operação de reconhecimento aéreo foi realizada, na área de fronteira Brasil-Bolívia, a fim de levantar pontos e localidades de difícil acesso como estradas vicinais, ramais, trilhas, rios e pequenos afluentes, além de pequenos portos e pistas de pouso clandestinas. A operação é realizada pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Segurança Pública, utilizando-se do Termo de Cooperação Internacional de Pando, assinado no dia 27 de julho deste ano.

Esses locais são utilizados para o cometimento de crimes fronteiriços, como abigeato (furto de animais domesticados de grande porte), contrabando, descaminho, tráfico de drogas e armas. São acessos no meio da floresta amazônica utilizadas como desvios para dificultar a fiscalização e o combate policial ao crime organizado.

Participaram da operação oficiais do Ciopaer, policiais do FELCN da Polícia Nacional da Bolívia, sob o comando do coordenador do Gerenciamento Integrado de Fronteiras (Gefron), coronel Ulysses Araújo, tendo sido detectados e mapeados alguns pontos quentes de interesse para combater os crimes acima especificados.

As operações do Gefron terão início na primeira quinzena de setembro. Até lá estão sendo tomadas as medidas relativas ao suporte e logística, treinamento específico, diante da complexidade e alto risco que envolve operações de combate ao narco-negócio implantado na região. (Secom)

Polícia

0
0
0
s2smodern

A Polícia Federal, em conjunto com o Ministério Público Federal (MPF/RO) e a Controladoria-Geral da União (CGU/RO), deflagrou nesta quinta-feira (8/8) a Operação PARE E SIGA, visando combater desvios de recursos públicos na execução da obra de construção da sede da Polícia Rodoviária Federal – PRF, situada na BR-364, em Porto Velho/RO.

Estão sendo cumpridos 10 mandados de busca e apreensão nas cidades de Porto Velho/RO, Ji-Paraná/RO e Manaus/AM, expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal. Além das buscas, foi deferido o afastamento cautelar do atual dirigente do Órgão em Rondônia, bem como o bloqueio e sequestro de bens, e o afastamento do sigilo bancário de alguns dos envolvidos.

As investigações, iniciadas no ano de 2014, demonstraram a existência de fortes indícios da prática dos delitos de peculato, associação criminosa e de dispensa irregular de licitação, decorrentes de contratação irregular de empresa para a construção da nova sede da PRF em Rondônia, superfaturamento de serviços e pagamentos irregulares.

Segundo as investigações, já na primeira medição, a empresa contratada para fiscalizar a obra verificou que os serviços executados correspondiam a R$70 mil, mas o valor aprovado pela Comissão da Polícia Rodoviária Federal foi de R$ 263 mil, ou seja, 300% superior. Em março de 2014, a empresa teve seu contrato de fiscalização rescindido unilateralmente. Depois disso, nenhuma outra empresa foi contratada para fazer a fiscalização da obra.

Em exame pericial preliminar, que aferiu a medição de apenas dez itens da obra, a Polícia Federal detectou superfaturamento e pagamentos indevidos na ordem de mais de R$ 1 milhão.

Também há suspeitas de irregularidades na retomada da obra e contratação da nova empresa para realizar o levantamento do remanescente da obra, ou seja, o que falta ser executado. Assim, levando em consideração o que foi pago com o que falta executar, o custo da obra passaria de R$ 22 milhões para R$ 36,5 milhões, uma diferença de mais de R$ 14 milhões acima do valor inicialmente orçado.

Os envolvidos foram intimados a prestar os esclarecimentos nas unidades da Polícia Federal. (Assessoria PF)

0
0
0
s2smodern
A PF e a Receita Federal deflagraram hoje a Operação Miopia, que busca desarticular uma organização criminosa especializada em lavagem de dinheiro e evasão de divisas.
Segundo os investigadores, as contas bancárias de empresas controladas pelo grupo criminoso movimentaram mais de R$ 6,5 bilhões entre 2010 e 2018.
A PF cumpre 11 mandados de prisão temporária e 15 de busca e apreensão em Foz do Iguaçu (PR) e São Paulo.
 

0
0
0
s2smodern

Após assinatura de um acordo de cooperação que visa o enfrentamento ao tráfico de drogas e saída de bens roubados nas fronteiras, entre o Governo do Estado do Acre e o Governo do Departamento de Pando, três veículos que haviam sido roubados na capital acreana foram recuperados pela polícia boliviana. A assinatura do acordo foi realizada por meio da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública e o Departamento de Polícia de Pando e aconteceu em Cobija, na Bolívia, no dia 7 de junho.

Uma camionete modelo Mitsubishi/L200, placa NAF 6201e uma Toyota/Hilux, que foi encontrada abandonada no interior do estado boliviano, com duas placas, sendo uma do veículo (NAD 0330) e a outra, de um carro Fiat/Uno (MZV 2925), foram recuperadas, além de duas motocicletas modelos Honda/Bizz, placas QLW 7790 e NXT 7213.

A ação contou com a presença do alto comando boliviano, representado pelo Coronel Peres, juntamente com o coronel Souza Filho, representando a Secretaria de Segurança do Estado do Acre, e ainda do subcomandante do 10º Batalhão do Alto Acre, capitão Edmilson Ferreira. (Secom)

0
0
0
s2smodern

A Polícia Civil pediu prorrogação no prazo do inquérito que investiga a explosão de uma embarcação que vitimou 18 pessoas. O acidente ocorreu no Rio Juruá, em Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, no dia 7 de junho e seis pessoas morreram. 

O delegado Lindomar Ventura, que comanda as investigações, disse que mais de 30 pessoas já foram ouvidas, mas alguns sobreviventes que ainda fazem tratamento ainda não foram ouvidos. 

"É um caso complexo e a gente tem que ouvir todo mundo. Ainda tem sobrevivente que a gente não conseguiu ouvir. Tem documentos ainda a serem juntados ao inquérito de empresas sobre compra e venda de produtos, além do relatório que deve ser concluído atribuindo as responsabilidades", disse o delegado. 

O delegado informou ainda que o trabalho é para que os resultados não sejam apenas criminais, mas também na responsabilidade de como dar sequência a esses serviços de distribuição de combustível de uma forma mais segura e evitar novas ocorrências. 

"Já houve uma melhora, porque o transporte ficou suspenso por alguns dias e esses municípios dependem de combustível, então tem que fazer da forma correta. A gente está tratando de seis mortes na explosão e há responsabilidades ali. A gente está tratando da modalidade culposa e há possibilidade de indiciamentos", informou. 

Ventura disse que ainda não sabe quantas pessoas podem ser indiciadas e deve fazer um estudo mais detalhado para chegar a essa conclusão. E informou que o inquérito é grande e o próximo passo é terminar algumas diligências que ainda considera importante.

 

 

G1