Oito líderes de facção que foram enviados para fora do estado retornam para presídio em Rio Branco

0
0
0
s2smodern

O Diretor do Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), confirmou através de contato telefônico na manhã desta sexta-feira (26), que oito detentos que foram enviados para cumprir suas penas em presídios de segurança máxima fora do estado, voltaram para Rio Branco, nesta última quinta-feira (25). Eles vieram do aeroporto até o Antônio Amaro Alves escoltados por um forte aparato policial.

Os detentos foram na época considerados líderes de facção criminosa atuantes no estado e foram transferidos após serem identificados como os mandantes de crimes que estariam acontecendo do lado de fora do presídio pelos integrantes da facção a qual pertenciam.

De acordo com o diretor, Aberson Carvalho, segundo manda a lei, o tempo que poderiam permanecer nos presídios fora do estado era de apenas dois anos e por isso tiveram que retornar ao estado de origem para o término do cumprimento de suas penas, podendo permanecerem somente se fosse comprovado que estariam ainda comandando crimes, mesmo estado reclusos nas unidades prisionais, o que não era mais o caso.

Desde o dia em que chegaram até a próxima segunda-feira (29), a ordem é que o presídio mantenha o reforço na segurança com a presença do Batalhão de Operações Especiais (Bope), para evitar qualquer situação relacionada à chegada ou adaptação desses presos. Hoje pela manhã, os detentos tiveram que ser escoltados para passarem por exames e audiências.

 

Lilia Camargo