Após quatro dias de buscas, militares resgatam colono perdido na mata em Brasiléia

0
0
0
s2smodern

Militares do 10º Batalhão de Polícia Militar do Acre (PMAC), Corpo de Bombeiros e Exército Brasileiro uniram forças para localizar o senhor Pedro Soares, de 49 anos, que saiu para caçar no dia 28 de outubro. O colono foi encontrado nesta quarta-feira, 7, depois de passar aproximadamente onze dias perdido na mata, em Brasiléia.

As equipes iniciaram as buscas no feriado do dia 2 de novembro, logo após a solicitação de familiares, e se embrenharam na mata até o km 84 e mais de 90 km de ramal, dentro da Reserva Extrativista Chico Mendes.

Como o local é de difícil acesso, foi necessário o uso de caminhão, motocicletas e triciclos para abrir caminhos, improvisar pontes, e assim, transpor os obstáculos e seguir as pistas encontradas. Moradores das comunidades Guanabara e Icuriã também auxiliaram os militares.

“Fizemos caminhos, “picadas” dentro da mata e até pernoitamos, inclusive retornamos para buscar alimento, que tinha acabado. Encontramos pistas e seguimos e, graças a Deus, alcançamos nosso objetivo”, relatou o sargento da PMAC, William Barbosa.

O agricultor, que estava debilitado, mas bem, contou das dificuldades e ações para sobreviver aos perigos da selva, como os animais peçonhentos e a temida onça. Ele teve que subir em árvores e se alimentar de palmito e frutas, o que ajudou a deixar pistas por onde passou. Outra preocupação da equipe de buscas era em relação aos indígenas que residem na região.

“As equipes passaram quatro dias dentro da mata, retornaram para a cidade e, mesmo cansados, não desistiram da missão de encontrar o colono. Preparam a logística necessária e continuaram as buscas”, disse o major Fredson Araújo, comandante do batalhão local.